Notícias Corporativas

Consórcios mantém crescimento e registram aumento de 12,0% nas vendas de cotas

Por ocasião do encerramento do primeiro trimestre de 2022, o sistema de consórcios, que este ano está completando 60 anos, registrou aumento de 12,0% no total de vendas de novas cotas, saltando de 791,43 mil em 2021 para 886,34 mil no acumulado de janeiro, fevereiro e março.

Também os negócios, resultantes dessa somatória, atingiram R$ 55,24 bilhões naqueles três meses, 15,3% maior que o anotado no mesmo período no ano passado, quando chegou a R$ 47,93 bilhões.

Depois de bater recorde histórico de participantes ativos em fevereiro último, ao cravar 8,51 milhões, o sistema de consórcios superou a marca em março, assinalando um novo e inédito total: 8,54 milhões. Este volume mostrou alta de 7,7% sobre 7,93 milhões obtidos no mesmo mês de 2021.

O tíquete médio de março acompanhou os aumentos dos demais indicadores, elevando-se em 7,0%, subindo de R$ 60,13 mil, daquele mês em 2021, para os atuais R$ 64,34 mil.

No acumulado de contemplações do trimestre, houve avanço de 16,0%, evoluindo de 310,40 mil do ano passado para 360,16 mil totalizados este ano. Os correspondentes créditos disponibilizados, relativos ao acumulado de janeiro, fevereiro e março, também apresentaram crescimento, com R$ 15,87 bilhões, 10,5% acima dos R$ 14,36 bilhões anteriores.

“Passados três meses de 2022, as prévias projeções para um crescimento conservador do Sistema de Consórcios vêm se confirmando e retratam a continuidade das boas performances verificadas em 2021”, justifica Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da ABAC Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios. “Ao superar a maior marca anotada em fevereiro último, chegou a inéditos 8,54 milhões de participantes ativos em março, com quase 900 mil novas cotas comercializadas, ratificando o comportamento de escolha do consumidor pelo planejamento de suas finanças pessoais, tendo como base a essência da educação financeira”, complementa.

Desde 1962, quando foi criado, o sistema de consórcios vem consolidando sua participação no desenvolvimento da economia brasileira com significativas contribuições, diretas e indiretas, nos crescimentos dos segmentos industrial, comercial e de prestação de serviços.

Na análise das potenciais participações das contemplações trimestrais nas vendas realizadas nos mercados internos, observou-se que houve um a cada dois automóveis via consórcio. Também em alta, notou-se que a comercialização de motocicletas obteve potencial influência com mais de uma a cada duas originadas por créditos concedidos a consorciados contemplados.

Entre os veículos pesados, o consórcio mostrou sua importância ao proporcionar, de forma econômica e planejada, a renovação ou ampliação da frota de caminhões, máquinas agrícolas e implementos rodoviários e agrícolas. Potencialmente, um a cada três caminhões negociados no mercado interno foram adquiridos pela modalidade. O agronegócio, fundamental para a economia, também pôde usufruir das vantagens do Sistema para a aquisição de máquinas e equipamentos.

“Mês após mês, constata-se maior presença do consumidor nos consórcios, escolhido em suas decisões financeiras”, diz Rossi. “Não importa o objetivo. Pode ser pessoal, familiar, profissional e até empresarial, ele, consumidor, tem analisado e planejado mais para comprar bens ou contratar serviços. Em muitas oportunidades, tem optado por aderir ao sistema de consórcios, considerando-o como forma simples e econômica de concretizar a médio e longo prazos suas metas”, conclui.

Ainda para estes três primeiros meses, o presidente executivo da ABAC acrescentou que “a nova postura do consumidor evidencia maior conhecimento sobre educação financeira e sua aplicação no dia a dia, especialmente ao assumir novos compromissos”.

Importante destacar que a economia em 2022 deverá ter um ano com influências de eleições estaduais e federais, preparativos para a copa do mundo e dificuldades globalizadas causadas pela guerra no leste europeu. Rossi interpreta esses fatores ao comentar suas expectativas: para que “haja um bom desempenho do Sistema de Consórcios, será preciso que o consumidor siga com consciência e responsabilidade quando adquirir bens ou contratar serviços, ao ponderar e planejar o futuro, avaliando o consórcio na escolha”.

Os indicadores trimestrais legitimam a importância da modalidade na economia brasileira. Na estimativa dos créditos concedidos e potencialmente injetados nos mercados automotivo e imobiliário, observou-se que o segmento marcou 42,2% de potencial presença no setor de automóveis, utilitários e camionetas. No setor motociclístico, houve 60,2% de possível participação, enquanto no de veículos pesados, a relação para os caminhões foi de 34,1%.

No acumulado de janeiro e fevereiro do segmento imobiliário, as contemplações representaram potenciais 12,8% de participação no total de imóveis financiados, incluindo os consórcios.

Do total de vendas de cotas do trimestre, 886,34 mil de adesões, a distribuição setorial ficou assim: 351,79 mil de veículos leves; 284,29 mil de motocicletas; 136,17 mil de imóveis; 53,41 mil de veículos pesados, 45,22 mil de eletroeletrônicos; e 15,47 mil de serviços.

O bom desempenho no período propiciou soma de negócios de R$ 55,24 bilhões, equivalente a alta de 15,3% comparados a dos mesmos meses do ano passado, quando chegou a R$ 47,93 bilhões.

Nos atuais 8,54 milhões de consorciados ativos, o mecanismo registrou alta de 85,3% nos eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis; 23,4% nos veículos pesados; 16,4% nos imóveis; 5,9% nas motocicletas; e 2,9% nos veículos leves. O único setor com retração foi serviços com -2,1%.

No acumulado de consorciados contemplados no primeiro trimestre – 360,16 mil -, estão inclusas 162,99 mil cotas de motocicletas; 137,40 mil de veículos leves; 21,72 mil de imóveis; 13,62 mil de veículos pesados; 12,33 mil de eletroeletrônicos e 12,09 mil de serviços.

No terceiro balanço do ano, o Sistema de Consórcios atingiu 8,54 milhões de participantes ativos, o mais alto registrado nos 60 anos de história, divididos em 80,8% para o setor de veículos automotores, 14,4% para os de imóveis, 2,5% nos de eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis e 2,4% nos de serviços.

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.